Manual: Qual nome dar ao seu filho(a)?

by

Para os pais, uma grande dívida dúvida recai quando a criança nasce:

Qual nome dar ao seu filho?

Com os dados obtidos através do site http://www.wwesmackdown.com, e com a intensa pesquisa in loco feita pelos integrantes do WTF!?, coseguimos engeinherar um manual orientativo auxiliador nesta hora que aflige tantos pais por todo o mundo.

Primeiramente vamos às culturas:

Se você não tem a mínima idéia por onde começar, pense na metodologia usada por alguns povos.

Nórdicos – Os nórdicos antigos usavam do nome do pai e inseriam o “SON” juntamente para o nome do primogênito.  Se o pai se chamava Will, o filho seria Wilson. Se o pai se chamava Juliana, o filho seria Julianason.

Vale lembrar que os filhos do Wilson vão se chamar Wilson-son ou Wilsonson. Assim como o paizão Julianson.

Japoneses – Os japoneses usam do sobrenome atrás do nome, por exemplo: Shuho Takuan; Nome Shuho, Sobrenome Takuan.

Uma idéia diferente para o nome de seu filho, se você tem sobrenome Silva, pode dar o nome de SIlva Carlos por exemplo. Se eu sobrenome é Balan, seu filho se chamaria Balan Antônio (sobrenome da mãe ou nome do meio). Ou então você é um infeliz que não tem sobrenome, a idéia não se aplica, pois então seu filho não teria um nome original ou incomum.

Esquimós – Na famosa ilha paradisíaca, onde são usados apenas 14 das 26 letras (por nós conhecidas), os nomes contém repetições que se diferem pelo som: Jjaikalumpac – João

Maamricocó – Marcela

Jjaikalumpacminumaratáta – John J. Johnson

Mexicanos Comece o nome com uma interrogação ou ponto de exclamação de ponta cabeça.

¿Luiz?

¿Bernardo?

¡Renato!

Use a falta de criatividade:

“Quem sabe usar completamente a falta de criatividade, acaba por se tornar critavo” – Spencer Johnson, em Quem mexeu no meu queijo 2.

Use de termos comuns: Silva, Santos, Gonzáles, Naldão, Ramírez, Ferreira. E interpole esses termos formando o nome para o seu herdeiro:

Ex.:

– Carlos Ramírez Gonza & Gonzales

– Bruno Silva Silva

– Luiz da Silva Ferreira

Forme um nome com a mesma letra inicial:

Sonoricamente fica impecável. Nada como um “João J. Júnior” ou um “Sávio S. dos Santos” para impor a presença nas listas de chamada.

Forme um nome com obejtos ao alcance:

Se você viu um Abajour, vá direto ao cartório e diga: Abneônidas

Viu um travesti? Riczarina

Taco de Golfe? Tiago

Esse é o método mais direto, e mais fácil, não precisa de escolha, quem escolhe o nome são os objetos e não você; porém cuidado com os objetos.  Se tacarem uma pedra em você, o nome então será… “Pedra” (não importanto o sexo).

Coloque Objetivos da vida no nome do seu filho:

Pense no que seu filho pode se tornar, para onde vai, e faça uma mixagem dos objetivos e estabeleça um nome simbólico ao pequeno.

Ex.:

– Aaborígenas.

Nesse exemplo torna-se claro a vantagem de usar esse nome em vídeo-locadoras, agendas telefônicas de celulares, listas, etc.

Se este manual ainda não resolveu esse peso nos seus ombros, adquira “1000 nomes para Bebês”, de Spencer Johnson.




Tags: , ,

2 Respostas to “Manual: Qual nome dar ao seu filho(a)?”

  1. Chuteira Says:

    Caralho…

  2. taste like chicken Says:

    Riczarina AHAUHAU o melhor
    Gonza

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: